Revista Laboratório – Edição Temática 3

A Revista Laboratório – Edição Temática “Antissemitismo, História e Memória do Holocausto” é uma publicação acadêmica com artigos desenvolvidos pelos pesquisadores do Grupo de Pesquisa “Judaísmo Contemporâneo: Filosofia e Literatura Judaicas”, do Laboratório de Política, Comportamento e Mídia da Fundação São Paulo/PUC-SP – LABÔ.

Setembro/2023

Os ensaios reunidos nesta edição da Revista Laboratório foram inicialmente apresentados em formato de comunicação durante o Primeiro Seminário de Pesquisa sobre Antissemitismo, História e Memória do Holocausto, organizado pelo LABÔ em parceria com o Instituto Brasil Israel – IBI.

O LABÔ e o IBI atuam conjuntamente em diversas parcerias na tentativa de ampliar o alcance das discussões sobre antissemitismo no Brasil. Juntos, desejamos que os esforços dos nossos pesquisadores inspirem outras iniciativas semelhantes dentro e fora da academia.

Profa. Dra. Juliana de Albuquerque
Coordenadora do Grupo de Pesquisa sobre Judaísmo Contemporâneo, no LABÔ

Neorestauracionismo: a apropriação de elementos da cultura e da religião judaicas feitas no neopentecostalismo contemporâneo
Andréa Basílio da Silva Chagas

Neste texto analisamos a apropriação de elementos da cultura/religião judaica – como menorahs, talits, bandeiras de Israel, estrelas de Davi etc. – pelo neopentecostalismo, bem como os usos e atuações comunicacionais desses actantes.

Secularização e reforma do judaísmo entre Moses Mendelssohn e Abraham Geiger: reações da comunidade judaica ao processo modernizador
Humberto Schubert Coelho

Com identidade matricial referida ao Oriente Médio, a uma religião, uma cultura e uma língua não-europeias, judeus eram inevitavelmente vistos – frequentemente por si próprios – como alienígenas em ambiente europeu.

A memória da Shoah na literatura de ficção
Saul Kirschbaum

Este artigo busca pôr em evidência a importância da memória da catástrofe na construção das tramas e dos protagonistas nessa literatura.

Redes sociais como palco de normalização de violência – antissemitismo, bolsonarismo e suas expressões
Hannytta Medici

As redes sociais e o atual momento histórico pelo qual o Brasil passa constituem um cenário fértil para os estudos sobre o antissemitismo.

Pós-memória e A Lista de Schindler como real
Julia Amaral Amato Moreira

Este artigo busca trazer algumas reflexões sobre a centralidade que os filmes sobre o Holocausto possuem na construção de uma memória sobre esse passado, alçando o lugar de referencialidade mesmo para filhos de sobreviventes.

Vidas em versos e prosas – a narrativa testemunhal pelo estilo storytelling
Jacqueline Moreno

Um dia de primavera que ficou na história de Jerusalém, durante o julgamento de Adolf Eichmann: 7 de junho de 1961. No púlpito, de pé, um homem magro, de 52 anos, cabelo castanho escuro, de óculos, trajando calças compridas, camisa, gravata e paletó de cores neutras…

Narrativas antissemitas: uma abordagem por meio da criminologia x vitimologia
Sandro Schmitz dos Santos

Um dia de primavera que ficou na história de Jerusalém, durante o julgamento de Adolf Eichmann: 7 de junho de 1961. No púlpito, de pé, um homem magro, de 52 anos, cabelo castanho escuro, de óculos, trajando calças compridas, camisa, gravata e paletó de cores neutras…

O ensino de história no nível fundamental através de cartas de vítimas do Holocausto
Victor da Rocha Silva Jr

Este artigo tem como função principal relacionar as práticas educativas sobre o holocausto baseadas em cartas de vítimas.

Judaísmo para evitar o fim da memória
Gilson Schwartz e Karen Worcman

Ao relacionar memória e civilização, é fundamental detalhar as conexões entre os lugares onde a memória se exercita individual e coletivamente.

Leia também